SOCIEDADE: Cidadão mata a própria mãe por não fazer o jantar

Um Jovem de 30 anos, no município da Caála, província do Huambo, matou a sua progenitora de 60 anos de idade por esta alegadamente não ter feito o jantar.

Os familiares contam que o facto terá acontecido quando o acusado pediu que a mãe fizesse o jantar, mas, esta disse que não tinha condições para tal e, de seguida o filho pegou num barrote e deu na cabeça da vítima que chegou a morrer no hospital por lesões craneana graves.

O suposto criminoso já se encontra detido.